Celso Pinto de Melo

Nascido em 11/01/1951, é Doutor em Física (1980) pela Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, mestre em Física (1975) e graduado em Engenharia Química (1973), ambos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). No ano de 1986-1987 foi Fulbright Senior Visiting Scholar junto ao Departamento de Ciência de Materiais do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em Cambridge, EUA.

É Professor Titular do Departamento de Física da UFPE, Pesquisador 1-A do CNPq, e membro titular da Academia Brasileira de Ciências. Em seu grupo de pesquisas, desenvolve linhas de trabalho experimentais, voltadas para a preparação e caracterização de amostras de polímeros condutores e multicamadas orgânicas, e teóricas, dedicadas ao cálculo da estrutura eletrônica e das propriedades óticas de moléculas orgânicas, e ao problema do transporte de carga em estruturas de dimensões moleculares.

Até o momento (2019), orientou 37 dissertações de Mestrado e 29 teses de Doutorado, publicou mais de 140 artigos em periódicos internacionais, sendo autor principal de mais de 17 patentes no Brasil e no exterior, com destaque para o uso de nanocompósitos poliméricos para a separação de moléculas biológicas e em testes de diagnóstico rápido de natureza molecular. Tem servido em várias comissões e grupos de trabalho junto à CAPES, CNPq e Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e a diversas fundações estaduais de apoio à pesquisa.

Dentre outros, já exerceu os cargos de Presidente da Sociedade Brasileira de Física (2009-2013), Diretor do CNPq (1999-2002), Vice-Presidente (2005-2007) e membro do Conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UFPE (2003-2006).

Recebeu da Presidência da República do Brasil a Comenda (2002) e a Grã-Cruz (2009) da Ordem Nacional do Mérito Científico, por suas contribuições nas Ciências Físicas e, em 2007, a Comenda da Ordem de Rio Branco.

Patrono

Luiz Antônio Marcuschi

Nasceu no Rio Grande do Sul, em 1946, e faleceu no Recife, em setembro de 2016. Graduado em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1968), obteve seu doutorado em Filosofia da Linguagem na Universidade de Erlangen-Nuremberg, Alemanha, e fez pós-doutorado na Universidade de Freiburg, em 1988, na área de problemas de língua escrita e oral.

Desenvolveu a maior parte de sua carreira como Professor Titular do Departamento de Letras da Universidade Federal de Pernambuco, tendo se tornado um dos maiores linguistas brasileiros e uma das principais referências da linguística na América Latina, especialmente por seus trabalhos no campo da linguagem falada. Pesquisador 1A do CNPq, Marcuschi publicou quarenta e oito capítulos de livros e quarenta e sete artigos em periódicos, em diferentes áreas e sobre temas diversos.

Formou mais de 20 doutores e mais de 50 mestres em Linguística, e foi um dos fundadores da Associação Latino-americana de Analistas do Discurso e da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Letras e Linguística (ANPOLL). Teve intensa atuação na assessoria científica de agências como o CNPq e a CAPES, e participou ativamente da criação da Fundação de Apoio à Pesquisa de Pernambuco (FACEPE).

Como secretário regional da SBPC, em 1993 coordenou a realização da 45ª Reunião Anual da SBPC, que, com o tema “Ciência, Tecnologia e Qualidade de Vida”, mudou o patamar desses eventos anuais da SBPC.