Jalmir Freire Brelaz de Castro

Nascido em Recife, em 24 de abril de 1958Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco em 1980. Possui Especialização em Parapsicologia pelo Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas – IPPP (1989) ; Especialização em Tecnologias da Informação, UFPE (1999); Especialização em Engenharia em Segurança do Trabalho, UPE (2012); Mestrado em Planejamento e Gestão Organizacional, Universidade Autônoma de Madri (2003). Engenheiro da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco – Chesf. Efetuou e coordenou projetos e instalações especiais para Centros de Controle e Operação de Sistemas de Energia Elétrica e vem atuando em engenharia de prevenção de acidentes e melhoria da infraestrutura em subestações do sistema elétrico de potência. Pesquisador do Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas – IPPP desde 1990.

Foi presidente do IPPP e atualmente faz parte do Conselho Diretor. Nos últimos 28 anos publicou diversos artigos e vem efetuando palestras em Simpósios, Encontros, Convenções e Congressos no Brasil e exterior. Efetuou sobre experiências fora-do-corpo com estudantes universitários, crença na paranormalidade com estudantes universitários brasileiros, e visão remota utilizando de vários sentidos.

Atualmente vem se dedicando a pesquisas de visão remota e as relações da parapsicologia com a filosofia da ciência. Professor de Metodologia Científica do  curso livre de pós-graduação em Parapsicologia pelo Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas, desde 1990.  Ex-presidente e atual membro do conselho diretor do Instituto Pernambucano de Pesquisas Psicobiofísicas; Ex-presidente do Conselho Regional de Parapsicologia em Pernambuco; Profissional Member da Parapsychological Association–PA; Membro da Academia Pernambucana de Ciências. Possui vários trabalhos publicados no setor de Parapsicologia e realizou palestras em vários Congressos Nacionais e Internacionais. 

Patrono

Solon Medeiros Filho

Nasceu em Patos - PB  13 de dezembro de 1934. Bacharel em Matemática pela Universidade Católica de Pernambuco - UNICAP e Engenheiro Eletricista pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE em 1960.Professor de Medidas Elétricas da UFPE de 1961 a 1991.

Foi professor de todas as turmas de engenharia elétrica nesse período e professor homenageado em todas elas. Referência técnica nacional em medição de energia elétrica formou gerações de engenheiros unindo técnica e humanismo. Era dotado de memória prodigiosa, didática impecável, e fino senso de humor. Engenheiro Eletricista da Companhia Energética de Pernambuco – CELPE onde foi Chefe da Divisão de Medição. Estagiou em empresas de eletricidade da França – Eletricité de France/ EDL em Paris em 1964/1965, 1976 e 1984, da Suíça – Lanfis&Gyr em Guv em 1976 e 1984, e da Hungria em 1984.

Como conferencista convidado participou em vários congressos de eletricidade no Brasil, Colômbia e Argentina. Participou da elaboração e aprovação de várias normas técnicas na Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. Entre as muitas homenagens recebidas em vida: a Câmera dos Deputados em 09.03.2006, pela Câmera de Vereadores de Recife em 2003, voto de congratulações em dezembro de 2003 pela Câmera Municipal de Patos, em 2004, no I Seminário de Gestão de Tecnologia da Medição no Centro de Treinamento Delmiro Gouveia da Celpe.

Autor de seis livros: “Medição de Energia Elétrica” pela Editora da Universidade Federal de Pernambuco/1976, 1980 2ª edição - Editora Guanabara Dois/1983 3ª edição,  e Editora Livros Técnicos e Científicos/ 1984 4ª edição; “Fundamentos de Medidas Elétrica” pela Editora da Universidade Federal de Pernambuco/1978, Editora Guanabara Dois/ 1981 2ª edição; “Problemas de Eletricidade” Editora da Universidade Federal de Pernambuco/ 1980 e Editora Guanabara Dois/ 1982 2ª edição; “Uma Família do Sertão Paraibano” pela Babecco Gráfica e Editora/2003; “Estórias do Meu Tempo” pela Babecco Gráfica e Editora/2004; “Outras Estórias” pela Babecco Editora e Gráfica/2006. Faleceu em sua residência na manhã de 20 de outubro de 2016.