Mauricio Domingues Coutinho Filho

Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco (1968), Mestrado (1970) e Doutorado (1973) em Física pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado na Universidade Cornell (1974-1975) e sabático (Visiting Scholar) na Universidade Harvard (1985-1986). Professor Visitante USP (1979); Pesquisador Visitante: CNRS Meudon-Bellevue, França (1979); Universidade Harvard (1991); Universitá de Napoli (1994).

Professor do Departamento de Física (DF) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) desde 1971: Professor Titular (1989-2017); Professor Emérito (2018). Prêmio Shell de Engenharia Elétrica (1968); Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências (1995); Ordem Nacional do Mérito Científico, na Classe de Comendador, Ministério da Ciência e Tecnologia (2008). Colaborou com outros colegas no Projeto CNPq para implantação do grupo pioneiro de pesquisa no Departamento de Física da UFPE (DF-UFPE).

Foi coordenador da Graduação, Pós-graduação e Chefe do Departamento; membro do Conselho Universitário e do CPPE da UFPE; Conselheiro da Sociedade Brasileira de Física; membro de comitês da FACEPE, CAPES e do comitê de avaliação do programa de bolsa de pesquisa do CNPq.

Coordenou vários projetos, em particular um projeto FINEPE institucional, um projeto PRONEX MCT/FINEP/CNPQ e cinco projetos PRONEX/PACEPE/CNPq, que possibilitaram a implantação e continuidade do Laboratório de Física Teórica e Computacional do DF-UFPE. Pesquisador do CNPq desde 1976, atualmente Nível-1A, com atividades de pesquisa e pós-graduação no DF-UFPE. Área de pesquisa: Física Estatística, Teoria de Campos e Simulação Numérica em Matéria Condensada, incluindo aspectos de geometria diferencial e topologia.

Publicou 115 trabalhos científicos, 5 capítulos de livros e organizou a edição de um livro. Há registro de mais de 200 resumos de trabalhos apresentados em eventos científicos, com estudantes e colaboradores, palestras convidadas, assim como seminários e colóquios em universidades nacionais e internacionais.

Orientou 29 dissertações de mestrado (uma coorientação no DF-UFPE e duas no DMat-UFPE) e 21 teses de doutorado (uma coorientação no DF UFPE e outra no DMat-UFPE), incluindo também supervisões de pós-doutorado e iniciação científica. Ensinou cerca de 30 cursos diversos na licenciatura, graduação e pós-graduação do DF-UFPE.

Patrono

Manfredo Perdigão do Carmo

Possui graduação em Engenharia pela Universidade Federal de Pernambuco (1951) e doutorado em Matemática pela Universidade da Califórnia, Berkeley (1963). Foi Professor Visitante na Universidade Federal do Ceará, na Universidade de Brasília e na Universidade da Califórnia, Berkeley.

É atualmente Pesquisador Emérito do IMPA. Sua área de atuação é a Geometria Diferencial onde formou 27 pesquisadores, alguns dos quais são líderes nesta área. É membro da Academia Brasileira de Ciências e da TWAS. Escreveu um livro de Geometria Diferencial publicado em inglês, adotado em várias universidades no exterior, e traduzido para o alemão, o chinês e o russo.(texto informado pelo autor no Lattes-CNPq).

Alagoano (1928-2018), Manfredo Perdigão do Carmo foi Professor Assistente da UFPE (1955-1965), tendo ensinado Cálculo Diferencial e Integral na Escola de Engenharia a alunos (1964) que foram fortemente estimulados por ele e anos depois se engajaram no projeto da implantação do grupo de pesquisa no atual Departamento de Física da UFPE.

Em 1965 foi Professor da Universidade de Brasília e a partir de 1966 radicou-se no Instituto de Matemática Pura e Aplicada-IMPA. Publicou 72 artigos científicos, 21 livros, incluindo organização de edições, 10 capítulos de livros, e orientou 16 mestres e 27 doutores.  Entre suas obras de forte impacto na comunidade internacional destacamos: S. S. Chern, M. P. do Carmo and S. Kobayashi, Minimal Submanifolds of A Sphere With Second Fundamental Form of Constant Length. Functional Analysis and Related Fields: Springer Verlag, 1970; M. P. Do Carmo, Geometry And Topology. Springer-Verlag, 1977.

O Professor do Carmo foi agraciado com títulos e homenagens: American Mathematical Society (Inaugural Class of Fellows, 2013); Dr. Honoris Causa pelas Universidades: Murcia, Espanha, 2012, Federal do Amazonas, 2012 e Federal de Alagoas, 1991; Pesquisador Emérito-IMPA, 2003; Comenda Graciliano Ramos, 2000; Grã Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico, MCT,1995; Premio de Matemática da Third World Academy of Sciences, 1992; Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia, CNPq, 1984;

Conferencista Convidado ao Congresso Internacional de Matemáticos, 1978, Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências-ABC, 1971; Guggenheim Fellowships (1965 e 1968).