Academia Pernambucana de Ciências Presta Homenagem A Miguel Arraes

A Academia Pernambucana de Ciências homenageou, na manhã desta sexta (29.03), no auditório da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), o ex-governador Miguel Arraes. Intitulada “Miguel Arraes O Herói da pátria. Patrocinador de Ciência e Tecnologia em Pernambuco”, a cerimônia reconheceu a contribuição do fundador da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI).

“Miguel Arraes O Herói da pátria. Patrocinador de Ciência e Tecnologia em Pernambuco”
Evento “Miguel Arraes O Herói da pátria. Patrocinador de Ciência e Tecnologia em Pernambuco”

O evento contou com as presenças do prefeito do Recife, Geraldo Júlio; da vice-governadora e ex-secretária de Ciência e Tecnologia, Luciana Santos; do deputado federal João Campos, que é bisneto de Arraes e do secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa.

”A nossa maior tarefa é a de colocar o povo na agenda dos cientistas e ciência no cotidiano do povo.” Foi com esse lema que Miguel Arraes reuniu pesquisadores professores e outros personagens e fundou, em 1988, a Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, a primeira secretaria de Ciência e Tecnologia do Brasil.

Nestes 30 anos, a SECTI tem procurado seguir à risca o ideal de Arraes. O que ele vislumbrou atualmente está consolidado. Iniciativas apoiadas pela secretaria, como a do Porto Digital, um dos maiores ecossistemas de inovação do país, fazem de Pernambuco referência em CT&I.

Colocado na vida pública justamente por Miguel Arraes, o secretário Aluísio Lessa comentou sobre a contribuição do mentor: “Doutor Arraes era um visionário. Ele sabia o quanto a ciência e tecnologia beneficiaram a população. Como gestor da SECTI, tenho o compromisso de manter o seu legado em favor dos pernambucanos. Sou afortunado por ter começado na política ao lado dele. Carrego os seus ensinamentos como a maior lição da minha vida”, afirmou.

Coordenador do Espaço Ciência há 25 anos, o Professor Antônio Carlos Pavão destacou a preocupação que o ex-governador teve em oferecer conhecimento aos pernambucanos: “Arraes sempre prestigiou a divulgação da ciência, por que sabia que conhecimento é poder e ele sempre quis que o poder estivesse para o povo. Era natural que quisesse levar ciência e tecnologia para a população. Arraes é referência para todos aqueles que trabalham com divulgação científica”, destacou.

Fonte: http://www.secti.pe.gov.br/academia-pernambucana-de-ciencias-presta-homenagem-a-miguel-arraes/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *