Professor Raul Manhães de Castro recebe título de Professor Emérito da UFPE

Cerimônia ocorreu no Auditório Jorge Lobo, no CCS.

O professor Raul Manhães de Castro, do Departamento de Nutrição do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFPE, é o novo Professor Emérito da Universidade. Definido como “um grande formador de gente” no discurso panegírico em sua homenagem, o docente recebeu o título em sessão solene realizada ontem (16) no Auditório Professor Jorge Lobo, no CCS, Campus Recife.

Raul Manhães foi homenageado por colegas e ex-alunos

Os professores Sebastião Rogério Freitas Silva (Núcleo de Nutrição do Centro Acadêmico de Vitória – CAV) e Sandra Lopes de Souza (Departamento de Anatomia Humana do Centro de Biociências – CB/Campus Recife), ambos ex-orientandos de Raul Manhães, foram os responsáveis pelo discurso panegírico. No relato, repleto de depoimentos de familiares, amigos, colegas e ex-alunos do homenageado, os docentes destacaram a notoriedade do novo professor emérito, que já publicou quase 200 artigos em revistas indexadas nacionais e internacionais, quatro capítulos de livros, aproximadamente 20 artigos em jornais diários e apresentou mais de 600 trabalhos em congressos.

O professor Sebastião Silva falou também sobre a habilidade de Raul Manhães de Castro como orientador, indo além do ensinamento científico e trazendo concepções sobre cidadania, humanidade e ética aos alunos. “Nós [professores Sebastião e Sandra] pretendemos representar todos os seus alunos, que certamente guardam um enorme respeito, carinho e gratidão pelo professor Raul”, disse ele. Ao longo da carreira acadêmica, o homenageado já teve 107 orientandos de iniciação científica, 51 de mestrado e 46 de doutorado. “Aprendi com você a multiplicar a voz, respeito, companheirismo e fé na vida”, afirmou a professora Sandra de Souza.

Quebrando o protocolo, Francisco Castro, um dos filhos de Raul Manhães de Castro, fez uma participação no discurso panegírico. Em sua fala, ressaltou práticas profissionais e de vida assumidas pelo pai: estudar, servir e cuidar.

A solenidade prosseguiu com a trasladação das vestes talares, a leitura e a assinatura do ato de outorga, além da assinatura do diploma. Emocionado, o professor Raul Manhães de Castro agradeceu a homenagem e se disse honrado em receber o título. Lembrou a importância das universidades e o papel de órgãos de fomento, como Facepe e CNPq, para a realização de pesquisas essenciais ao desenvolvimento científico no país. “Agradeço emocionado à nossa UFPE e às nossas universidades brasileiras, que nos ajudam e efetivamente me ajudaram”, disse.

O docente também falou sobre o ofício na área de saúde. “O ser médico, o ser nutricionista, a meu ver, como a prática de qualquer atividade nas ciências da vida, é, portanto, um sacerdócio de amor aos seres vivos. É acreditar na vida enquanto vida houver. E ser pesquisador, professor e educador, sobretudo na área das ciências da vida, é dar exemplo, ensinar, aprender e acreditar no que todos aprendem nesse processo: a preservação da vida”, declarou.

O reitor Anísio Brasileiro, que presidiu a solenidade, salientou a capacidade de trabalho em equipe do professor Raul Manhães de Castro e a convergência de valores pessoais e da universidade. “Os sentidos ou os valores universitários são também valores seus ao longo dessas décadas: conhecimento, mérito, democracia, justiça social, respeito a todos”, apontou o reitor.

O título de Professor Emérito é destinado a professores aposentados que tenham se distinguido no ensino, na pesquisa, na extensão e na administração universitária. A proposta de concessão a Raul Manhães de Castro foi feita por professores do Centro Acadêmico de Vitória (CAV) e aprovada pelo Conselho Universitário. Teve como argumento a contribuição dada por Manhães aos Programas de Pós-Graduação em Nutrição; Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento; e Nutrição, Atividade Física e Plasticidade Fenotípica, dos quais o homenageado é membro permanente.

FORMAÇÃO – Raul Manhães de Castro é formado em Medicina pela UFPE, tendo concluído o curso em 1981. Possui especialização em Psicobiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1983), mestrado em Nutrição pela UFPE (1990) e doutorado em Farmacologia Experimental e Clínica pela Universidade Pierre e Marie Curie – Paris VI (1995). 

É professor titular aposentado da UFPE com suas atividades de pesquisa interligadas à pós-graduação. A ênfase de seus estudos é em Nutrição e Plasticidade Fenotípica, envolvendo as Neurociências e o Desenvolvimento Fisiológico.

Fonte: https://www.ufpe.br/agencia/noticias/-/asset_publisher/VQX2pzmP0mP4/content/professor-raul-manhaes-de-castro-recebe-titulo-de-professor-emerito-da-ufpe/40615

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *